Archive for the 'G4mers' Category

14
Mar
11

Recomeçar a G4mers-Zone!

Pois é amigos, aqui estou eu novamente, a escrever neste local cheio de história sobre videojogos.

A partir de hoje aqui estarei a dar as minhas opiniões sobre jogos, sobre a indústria dos videojogos e sobretudo sobre a imprensa nacional que continua a ser gerida por pessoas mal intencionadas, putos mimados que só pensam em receber jogos e se esquecem de os analisar.

 

Anúncios
26
Out
10

Novamente em casa!

Mais uma vez a crise económica!

Pois é amigos, é impossivel aguentar as despesas do outro servidor, por isso decidi passar para o nosso antigo G4mers-Zone alojado no WordPress, gratuito e com todas as potencialidades que alguns de vocês já conhecem.

Outro pormenor importante é o facto de passarmos a “blog” já que nos chamam de Blog então que sejamos mesmo um blog de jogos escrito por um jornalista de videojogos.

Sejam novamente bem-vindos, quero meter-vos ciúmes, inveja, nojo, tudo o que quiserem, porque a G4mers-Zone é isso mesmo, um blog que vai surpreender-vos com tudo.

17
Jan
10

Fui comprar uma Wii…

Mas a  Nintendo não quer que eu e centenas / milhares de portugueses comprem a Wii.

Eu explico, ontem fui ao Corte Inglês, a loja estava a abarrotar de consumidores como eu nunca vi na minha vida. Havia mais gente na zona da Nintendo que em todas as outras zonas, jogos alguns, acessórios muitos, consolas nem uma.

Perguntei a um dos funcionários que a sorrir me confirmou o meu pior receio, não havia Wii para ninguém, estava esgotada e a informação era que os camiões estavam atolados algures na Europa.

Hoje voltei a procurar uma Wii, desta vez o alvo era o Colombo. Voltei a ficar espantado na Game, estava cheia de consumidores, parece que os portugueses descobriram os videojogos. Wii nem vê-la, muitos jogos, muitos acessórios, consolas completamente esgotadas.

Segui para o 1º andar e directamente para a Fnac, vi 2 Wii brancas, mas eu quero uma prêta sou esquisito. Mesma procura, mesma questão, mesma resposta, completamente esgotada.

Quando a Concentra estava aos comandos da Nintendo, o mundo caía em cima deles por tudo e por nada. Agora é a Nintendo que toma conta de si, e parece que as pessoas ficam submissas, a culpa é do tempo, amanhã é dos roubos, no próximo mês é por causa do cão e a seguir por causa do calor, da neve ou do terrorismo, mas Wii nem vê-las!

E eu queria tanto uma Wii prêta!

02
Jan
10

Prontos para um novo ano?

Se 2008 foi um ano mau para mim, 2009 não ficou atrás. Problemas de saúde que a idade já não perdoa, levaram a que muitos dos projectos que tinha em mente ficaram parados, sobretudo no final do ano passado. Não foi fácil para mim, porque vontade não me faltava, mas com a saúde não se brinca e apenas limitei-me a seguir as indicações das equipas médicas dos hospitais Curry Cabral e Santa Marta, um bem-haja para todos eles.

Em 2009 consegui um feito notável, não responder a nenhum troll, seja aqui seja noutro blog ou fórum. Eu costumo ferver rapidamente, mas sinceramente já não tenho paciência para aturar as pessoas, acho que fiquei mais calmo e isso ajudou-me a pensar noutros assuntos mais importantes do que andar a aturar os trolls dos videojogos.

2009 também foi um ano especial porque conheci uma fantástica comunidade de amigos, sinceros, educados, que apoiam, brincam, ajudam. O poker deu-me em 2009 estabilidade e amigos, daqueles que podem chamar de amigos. Em 2010 espero conseguir algo que nunca pensei ser capaz de o fazer, comprar uma casa nova para mim e para a minha Mãe e participar nos WSOP de 2010.

O ano deu-me um novo colega de trabalho, que me garante também uma maior e melhor estabilidade nas minhas funções, uma pessoa que sempre admirei e que sinceramente não estava à espera de o ver a meu lado. 2010 vai ser o nosso ano, temos ambos imensas ideias, tenho a certeza que as vamos concretizar e continuar com o bom trabalho que realizámos em 2009.

Os videojogos passaram de uma obessão para um divertimento, um escape ao trabalho. Hoje olho para os jogos de outra forma, acompanhei toda a sua evolução, vivi momentos fantásticos, tive a oportunidade de conhecer o mundo, de viajar para os quatro cantos, de assistir a concertos musicais privados de bandas famosas, de conhecer de perto estúdios de cinema, estúdios das produtoras de videojogos e editoras de jogos, falar com imensas pessoas da indústria, tanto nacional como internacional.

Hoje sou mais crítico do que era há 10 anos, hoje nem todos os jogos me satisfazem, nem todos os jogos conseguem fazer sorrir. Sou mais calculista, mais analista, escolho melhor as minhas opções, sou mais sincero.

Em 2010 vou continuar a desenvolver este blog, generalista mas sempre com base no tema principal, que são os videojogos. A edição digital vai ser lançada, brevemente com um número zero e depois mensalmente gratuitamente em distribuição digital. Eu gosto de escrever, de expor as minhas opiniões, sejam elas correctas ou não, por isso vou continuar a escrever.

Desejo a todos um grande ano de 2010, com muitas alegrias e projectos.

24
Dez
09

Ano em Revista – Videojogos – Microsoft

Com o boom financeiro mundial a Microsoft sofreu imenso para não perder o comboio daqueles que conseguiram sobreviver ao descalabro, mas com poucas ou maiores dificuldades a empresa americana conseguiu entender as regras do novo mercado e partiu para a luta de forma a manter-se na luta de uma guerra que se crê titânica em 2010.

2009 em termos de jogos não foi um grande grande ano para a Xbox 360, mas os jogos que recebeu e que apresentaram uma qualidade nunca imaginada, transformaram um ano normal num grande ano. A começar com Forza MotorSport 3 um jogo que dura mais que as pilhas alcalinas, o Batman Arkham Asylum que para nós é sem dúvida o melhor jogo do Ano na Xbox 360, Modern Warfare 2 que veio revolucionar novamente os FPS e também provocar imensa polémica devido ao já famoso massacre no aeroporto, DirT2 o melhor jogo de Ralis de todos os tempos, FIFA 10 que voltou a mexer com o futebol virtual deixando o rival a léguas, Brutal Legends que revela um fantástico Jack Black, o homem foi talhado para este género de jogos e Halo ODST que não veio com aquela qualidade que todos nós estamos acostumados a ver num Halo mas que nos deu a conhecer um outro lado da história.

2010 promete ser um inesquecível ano no universo Xbox 360. Project Natal tem tudo para mexer com este mercado, o novo Halo promete novos recordes de venda, mas a grande novidade deve-se ao frenético começo de ano que nos vai trazer jogos como Bad Company 2, Mass Effect 2, DarkSiders, Bayonetta, Army of Two 40º Day e Guitar Hero Van Hallen.

Em Portugal a consola está a ter maior visibilidade nas lojas, as promoções que a Microsoft efectou este Natal de certeza que nos vai trazer novos jogadores à comunidade e já agora não se esqueçam que até dia 31 de Dezembro a Xbox 360 Elite oferece um preço imbatível, talvez a melhor compra a fazer-se neste Natal. A Microsoft também apostou nos eventos, nos novos embaixadores e na comunidade em si.

23
Dez
09

Ano em Revista – Videojogos – Nintendo

Finalmente a Nintendo entrou em Portugal e o resultado está à vista. Os portugueses já conseguem distinguir uma PlayStation de uma Nintendo, as lojas apresentam um maior espaço Nintendo com mais e melhores divulgações e a televisão foi inundada com anúncios Nintendo. Já não somos considerados países do 3º mundo…

Mas a Nintendo tem um grave problema actual. Vendeu imensas consolas mas a novidade já não é a mesma e sem grandes videojogos, as pessoas viraram-se para outras propostas.

Naturalmente que a própria Nintendo lançou alguns títulos, o novo Super Mario, e novas consolas, a Wii prêta e a DSi, mas se olharmos atentamente gira tudo à volta do mesmo.

De todos os jogos que joguei na Wii houve dois que me ficaram na revista, o Dead Space criado de propósito para a consola e o Need for Speed Nitro que também foi desenvolvido a pensar na Wii. Infelizmente não tive acesso ao Super Mario nem a outro título relevante, pelo que me abstenho de qualquer comentário.

Em 2010 a Nintendo tem que inovar se não corre o risco de sofrer um rombo e de perder por completo toda a competição… mesmo sabendo que foi a empresa que mais consolas vendeu a nível mundial…

… mas se as mesmas consolas não conseguirem cativar os seus donos, o que acontecerá?

22
Dez
09

Ano em revista – Videojogos – Sony

2009 foi na opinião um ano atípico. Parecia que seria mais um ano com alguns jogos bons e sem mudanças a nível de hardware, mas a realidade demonstrou que as surpresas foram imensas e que o mercado reagiu muito bem face a elas. A Sony começou o ano com um grave problema, a PS3 vendia pouco, o parque de consolas acumulava-se e os prejuízos também. Num ano de descalabro financeiro mundial parecia que a empresa nipónica estaria em grandes apuros.

Mas a Sony tem o dom de saber funcionar em tempos complicados e largou um enorme coelho da sua cartola, a PS3 Slim, mais pequena, mais potente, com maior capacidade e muito mais barata.

As vendas aumentaram, e a luz ao fundo do túnel ficou maior para a Sony que em 2010 vai ter que provar porque razão é considerada a empresa que revolucionou a indústria dos videojogos. Mas nem tudo correu como deve ser, o lançamento da PSP GO foi um fracasso, não se entende como é que os criativos da Sony não pensaram no gigantesco parque de jogos PSP que existe em todo o mundo em formato UMD e que não funcionam na nova PSP. Face a este lapso os jogadores e consumidores mostraram um cartão vermelho e o futuro vem com o nome de código PSP 4000.

No que diz respeito aos videojogos, a Sony lançou dois videojogos de grande registo. o Eyepet, um animal de estimação virtual que incluiu uma camera e que vale pelo preço baixo. É a loucura deste Natal, todos querem ter um bicho que não suja, não incomoda e que não se torna um estorvo quando chegarem as férias.

Mas a grande sensação do ano deve-se a este grande jogo…

Nathan Drake regressa em grande força, num jogo brilhantemente localizado para português e que nos deixa sem ar do primeiro ao último minuto.

O mercado nacional também tem que agradecer à Sony pelo aparecimento em pleno dos jogos Platinum.

Em época de pouco dinheiro nos bolsos dos portugueses, a Sony é das poucas empresas de videojogos que entende o que se passa a nível mundial. Os jogos platinum são uma excelente solução para todos aqueles que não podem pagar o preço de lançamento do jogo e preferem esperar uns meses sem detrimento da sua qualidade de jogo.

A maioria das editoras lançaram bons jogos para a PS3, contudo a maioria dos analistas prevê que o ponto alto de desenvolvimento de videojogos para esta consola seja alcançado em 2011, tal como aconteceu na PS2. Veremos que produtora consegue alcançar e usar o potencial máximo de todo o hardware.

2010 promete ser um bom ano para a PS3.




Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Comentários Recentes

sergiosaint em Ano em Revista – Videojo…
ptvagabundo em Benfica é sempre Benfica!
ptvagabundo em Uma nova casa com novos t…

Segue-nos no Twitter

Erro: Twitter não está a responder. Por favor espere alguns minutos e recarregue esta página.

Categorias

Entradas Mais Populares

Os mais clicados

  • Nenhum

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 2 outros seguidores